Habituar-se a novos aparelhos auditivos

O primeiro passo é o mais importante

Tomar a decisão de adquirir um aparelho auditivo é uma decisão capaz de mudar uma vida, tendo um impacto positivo no seu bem-estar pessoal, na sua experiência e nas suas relações. Embora a maioria dos utilizadores de aparelhos auditivos passem por um período de adaptação, os benefícios de cumprir a fase de adaptação são bem superiores ao possível desconforto que um utilizador de aparelhos auditivos poderá sentir no início.

A sua audição é única tal como a sua impressão digital. O seu profissional irá programar os seus aparelhos auditivos para que se adaptem às suas necessidades auditivas únicas. Depois de alguns dias ou semanas, poderá sentir que os seus aparelhos auditivos necessitam de mais algum ajuste e poderá entrar em contacto com o profissional para agendar uma assistência gratuita, de forma a efetuar os ajustes adicionais. Na Acústica Médica, a assistência e o acompanhamento são gratuitos, por isso não hesite em aparecer e certificar-se de que obtém o máximo do seu aparelho auditivo.

O que esperar

Desconforto inicial

Visto que os aparelhos auditivos serão algo novo no seu dia a dia, poderá ter de se adaptar a usar um aparelho auditivo no seu ouvido. Com o tempo, habituar-se-á ao aparelho e até se esquecerá que o está a usar. Embora o aparelho auditivo possa parecer estranho e desconfortável de início, usar o aparelho auditivo não deve ser doloroso. Se sentir dor, deve entrar em contacto com o seu profissional.

Ruído de fundo

Embora alguns aparelhos auditivos sejam mais eficientes que outros na filtragem de ruído de fundo, um aparelho auditivo poderá captar alguns ruídos de fundo adicionais que não quer ouvir (juntamente com os sons que quer ouvir). Embora isto seja relativamente normal, considere falar com o seu profissional se o som for realmente incomodativo ou se causar alguma dor no ouvido.

O “efeito de oclusão”

Alguns utilizadores de aparelhos auditivos sentem um efeito de oclusão, em que as suas próprias vozes parecem demasiado altas ou em que têm a sensação de estar a falar para um poço. Este efeito é relativamente normal e é mais comum em aparelhos auditivos “dentro do ouvido”, pois estes estão dentro do canal auditivo e bloqueiam basicamente o canal auditivo mais que um aparelho mais aberto “atrás da orelha”. Se sentir isto, o profissional poderá ajustar o seu aparelho auditivo. Muitos utilizadores também referiram ter-se habituado a este efeito passado algum tempo.

Deseja saber mais sobre os diferentes tipos de aparelhos auditivos? Leia aqui.

Interferência com dispositivos digitais

Uma vez que alguns telemóveis interferem com frequências de rádio, alguns utilizadores de aparelhos auditivos poderão notar um zumbido vindo do seu dispositivo digital. Embora este efeito se esteja a tornar menos comum com o avançar da tecnologia, dos telemóveis e dos aparelhos auditivos, caso sinta isso, pode levar o seu telemóvel e o aparelho auditivo para que o profissional faça os ajustes necessários para evitar essas interferências.

Sabia que os aparelhos auditivos modernos podem ligar-se sem fios a dispositivos digitais? Por exemplo, vários aparelhos auditivos da Oticon são compatíveis com iPhone, iPad e iPod, o que significa que pode transmitir sons de vídeo e de música, chamadas telefónicas diretamente através dos seus aparelhos auditivos, funcionando de forma semelhante a auscultadores. Leia mais sobre as opções de conectividade da Oticon aqui.

Um som de assobio – também conhecido como feedback

Se um aparelho auditivo não encaixar bem, ou se os seus ouvidos estiverem entupidos com cerume ou líquido, poderá ouvir um som de assobio (conhecido como feedback). Se ouvir tal feedback, fale com o seu profissional para que este possa resolver esse problema.

Dicas para começar a usar os seus aparelhos auditivos

No início, pode começar por usar os seus aparelhos auditivos em situações com menos ruído, por exemplo, durante as conversas em casa. No entanto, tente usar os seus aparelhos auditivos na maior parte do dia, pois isso irá ajudar no processo e será mais fácil habituar-se a eles mais rapidamente. Poderá também usar os aparelhos para ouvir rádio ou TV, bem como tentar aos poucos estar em ambientes mais ruidosos. Durante as chamadas telefónicas, tente inclinar o telefone ligeiramente na direção da sua maçã do rosto, para evitar qualquer “feedback” (ou um som de assobio) dos seus aparelhos auditivos.

Dicas para eventos sociais

Restaurantes: Peça para se sentar numa área calma afastada da cozinha e da entrada principal, para evitar estar no meio das partes mais movimentadas do restaurante. Sentar-se de costas para o ruído também ajudará a minimizar o ruído de fundo.

Cinemas: Ligue antes e veja se eles fornecem sistemas “teleloop” (dispositivos auxiliares que se ligam aos seus aparelhos auditivos e enviam o som do filme diretamente para os seus aparelhos auditivos).

Conferências: Tente chegar cedo e tente arranjar um lugar nas primeiras filas da sala. Se possível, peça ao orador para usar um microfone, caso seja possível.

Conclusão

Embora habituar-se aos seus aparelhos auditivos possa demorar o seu tempo, esta fase de adaptação vale bem a pena pelos benefícios que irá ter quando se habituar a usá-los. No início, pode sentir algum desconforto, um aumento de ruído de fundo, feedback ou ouvir a sua voz mais alta. Tais experiências são comuns entre os novos utilizadores de aparelhos auditivos. Se o problema persistir, considere falar com o seu profissional para que este possa verificar os seus aparelhos auditivos. Pode começar a usar aos poucos os seus novos aparelhos auditivos, começando por ambientes mais calmos e só depois em ambientes mais ruidosos. Os benefícios de enriquecer a sua experiência de vida com aparelhos auditivos superam as eventuais dificuldades iniciais durante a adaptação – por isso, não desista e confie no processo!

Oferecemos-lhe uma consulta, exames, assistência e acompanhamento gratuitos. Marque hoje um exame auditivo gratuito.

 

1.  https://www.hearingaidknow.com/the-occlusion-effect
2. https://www.webmd.com/healthy-aging/new-hearing-aid#1

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Que apoios existem?

Sendo dispositivos médicos, os aparelhos auditivos são comparticipados por algumas entidades, incluindo seguros de saúde. Em baixo pode ver algumas das entidades prestadoras do serviço e que podem ajudar na aquisição destes dispositivos.
Recomendamos sempre uma consulta gratuita com um audiologista antes de qualquer compra.

Exemplos de entidades que ajudam na comparticipação:

Agendar consulta gratuita

Pedido de marcação de consulta gratuita

Após envio dos seus dados, receberá um contacto para marcar consulta com audiologista no centro auditivo mais próximo da sua residência.







    MARCAÇÃO DA CONSULTA GRATUITA

    Agende a sua consulta de audiologia com um especialista em audição. Vamos ajudá-lo a melhorar a sua capacidade auditiva






      Preencha o seu Nome e Email e tenha acesso aos 10 Motivos!






        Pedido de marcação de consulta gratuita

        Após envio dos seus dados, receberá um contacto para marcar consulta com audiologista no centro auditivo mais próximo da sua residência.






          Para Obter Mais Informações Preencha o seguinte Formulário

            Sente dificuldades auditivas?*
            SimNão
            Costuma pedir às pessoas para repetirem o queue disseram?*
            SimÀs vezesNão

            Deixe seus dados de contato que irá receber um telefonema de um centro auditivo local perto de sua casa, que transmitirá mais informações.




            "]

            Pedido de marcação de consulta gratuita

            Após envio dos seus dados, receberá um contacto para marcar consulta com audiologista no centro auditivo mais próximo da sua residência.







              AVISO DE PRIVACIDADE MARCAÇÃO DE CONSULTAS AUDITIVAS

                1. Os dados pessoais recolhidos serão utilizados, apenas após obtermos o seu consentimento prévio e expresso, unicamente para efeitos de (a) marcação de consultas auditivas e comunicação dos dados pessoais para empresas ligadas a soluções auditivas parceiras da EVOLLU, para que entrem em contacto diretamente com o titular dos dados, e, por fim, (b) estudos de mercado, marketing e envio de outras informações que possam ser do seu interesses sobre a EVOLLU.
                2. A SENSING EVOLUTION, LDA. (doravante “EVOLLU”), com NIPC 513 758 747, e sede na Rua Comissão Iniciativa, 2ª, piso 7, Edifício Torre Brasil, 2410-098 Leiria, é a responsável pelo tratamento.
                3. Os dados pessoais, “Nome”, “contacto telemóvel”, “email”, “data de nascimento”, “código postal” e “localidade”, são de preenchimento obrigatório para podermos prosseguir as finalidades acima descritas, pelo que sem estes dados não poderemos realizar o seu pedido, de acordo com o consentimento que nos for prestado.
                4. Os dados em questão não serão utilizados para nenhuma outra finalidade sem o seu consentimento prévio, sendo conservados pela EVOLLU durante 2 anos.
                5. Poderá exercer os seus direitos previstos na legislação (acesso, retificação, apagamento, limitação, oposição, portabilidade) e relembramos que poderá retirar o presente consentimento a qualquer momento, através de contacto escrito para o seguinte email [email protected], sem prejuízo do direito a apresentar reclamação à autoridade de controlo competente (cnpd.pt).
                6. Poderá obter mais informações sobre a forma como os seus dados serão tratados através do email [email protected].
              COMPREENDO QUE:

              a)      Os meus dados serão utilizados para a marcação de consultas auditivas e serão comunicados a empresas ligadas a soluções auditivas parceiras da EVOLLU, para que entrem em contacto comigo diretamente.

               

              b)     Os meus dados pessoais sejam tratados pela EVOLLU para as finalidades de estudos de mercado, marketing e envio de outras comunicações que possam ser do meu interesse.