Covid-19 pode causar perda auditiva súbita, permanente – estudo realizado no Reino Unido

covid-19 pode causar perda de audição

COVID-19 pode causar problemas de audiçãoSegundo uma descoberta feita por especialistas ingleses. Acrescentando ainda que, tais problemas precisam ser detectados precocemente para evitar repercussões maiores e irreversíveis nos ouvidos.

Descobriu-se que o coronavírus afeta o corpo de inúmeras maneiras, desde a perda do paladar e do olfato até a lesão de órgãos. Mais recentemente, os médicos descobriram novas evidências de que a Covid-19 também pode afetar a audição.

O jornal BMJ Case Reports diz que: especialistas da University College London relatam o caso de um homem de 45 anos com asma que foi internado nos cuidados intensivos com Covid-19, esteve ligado a um ventilador e medicado, incluindo o antiviral remdesivir e esteróides intravenosos. Uma semana após ter deixado os cuidados intensivos, desenvolveu zumbido e perda de audição no ouvido esquerdo.

A equipa médica referiu que nenhum dos medicamentos que o homem recebeu, durante o internamento, poderiam causar danos de audição, assim como, não há evidências que o homem tivesse tido problemas com os seus canais auditivos ou a membrana timpânica. Com a análise de outras investigações não foram detectados sinais de problemas auto-imunes, o paciente não tinha gripe ou HIV – condições anteriormente associadas à perda auditiva. Além do mais, o homem nunca teve problemas de audição.

Testes subsequentes revelaram que o homem tinha perda auditiva neurossensorial no ouvido esquerdo – uma situação em que o ouvido interno ou o nervo responsável pelo som, nervo auditivo, está inflamado ou danificado. Como o problema foi identificado num curto período de tempo, este foi tratado com esteroides, com sucesso parcial.

Este caso é o primeiro incidente a ser relatado no Reino Unido, embora um pequeno número de relatos semelhantes tenham surgido em outros países.

A Dra. Stefania Koumpa, co-autora do estudo, disse que ainda não se sabe como a Covid pode causar perda auditiva, mas há possíveis explicações.

“É possível que o vírus Sars-Cov-2 entre nas células ciliadas do ouvido interno e provoque a morte celular e/ou faça com que o corpo liberte substâncias químicas inflamatórias chamadas citocinas, que podem ser tóxicas para o ouvido interno”, disse ela. “Os esteróides provavelmente ajudam a reduzir a inflamação e a produção de citocinas”.

A equipa médica afirma que os pacientes da Covid que estiveram nos cuidados intensivos devem ser avaliados sobre a sua audição e encaminhados para tratamento de emergência, caso necessário.

“A perda auditiva unilateral tem grandes consequências na qualidade de vida, se não for tratada precocemente”, disse Koumpa.

Kevin Munro, professor de audiologia da Universidade de Manchester, não esteve envolvido na pesquisa, mas disse que sabe de outros vírus, incluindo sarampo, parotidite (papeira), podem afetar a audição. Kevin Munro refere que tem sido contactado por um grande número de sobreviventes de Covid, reportando uma alteração nos seus zumbidos e na sua audição.

Num estudo realizado com a sua equipa descobriram que 16 dos 121 pacientes internados no hospital com a Covid, e que sobreviveram à infecção, informaram sofrer de  problemas de audição cerca de dois meses após alta hospitalar.

Munro disse que a sua equipa está a investigar a prevalência e as causas de tais problemas, observando que não é claro identificar se esta reação do corpo ao vírus, se é uma resposta do sistema imunológico, do stresse ou mesmo do tratamento específico para Covid – ou se as pessoas poderiam simplesmente já vir a ter problemas de audição com uma prévia deficiência ou algum problema auditivo.

“Acho que provavelmente haverá muitas explicações para o motivo pelo qual as pessoas têm vindo a reportar este tipo de problemas”, disse ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Que apoios existem?

Sendo dispositivos médicos, os aparelhos auditivos são comparticipados por algumas entidades, incluindo seguros de saúde. Em baixo pode ver algumas das entidades prestadoras do serviço e que podem ajudar na aquisição destes dispositivos.
Recomendamos sempre uma consulta gratuita com um audiologista antes de qualquer compra.

Exemplos de entidades que ajudam na comparticipação:

Agendar consulta gratuita

Pedido de marcação de consulta gratuita

Após envio dos seus dados, receberá um contacto para marcar consulta com audiologista no centro auditivo mais próximo da sua residência.







    MARCAÇÃO DA CONSULTA GRATUITA

    Agende a sua consulta de audiologia com um especialista em audição. Vamos ajudá-lo a melhorar a sua capacidade auditiva






      Preencha o seu Nome e Email e tenha acesso aos 10 Motivos!






        Pedido de marcação de consulta gratuita

        Após envio dos seus dados, receberá um contacto para marcar consulta com audiologista no centro auditivo mais próximo da sua residência.






          Para Obter Mais Informações Preencha o seguinte Formulário

            Sente dificuldades auditivas?*
            SimNão
            Costuma pedir às pessoas para repetirem o queue disseram?*
            SimÀs vezesNão

            Deixe seus dados de contato que irá receber um telefonema de um centro auditivo local perto de sua casa, que transmitirá mais informações.




            "]

            Pedido de marcação de consulta gratuita

            Após envio dos seus dados, receberá um contacto para marcar consulta com audiologista no centro auditivo mais próximo da sua residência.







              AVISO DE PRIVACIDADE MARCAÇÃO DE CONSULTAS AUDITIVAS

                1. Os dados pessoais recolhidos serão utilizados, apenas após obtermos o seu consentimento prévio e expresso, unicamente para efeitos de (a) marcação de consultas auditivas e comunicação dos dados pessoais para empresas ligadas a soluções auditivas parceiras da EVOLLU, para que entrem em contacto diretamente com o titular dos dados, e, por fim, (b) estudos de mercado, marketing e envio de outras informações que possam ser do seu interesses sobre a EVOLLU.
                2. A SENSING EVOLUTION, LDA. (doravante “EVOLLU”), com NIPC 513 758 747, e sede na Rua Comissão Iniciativa, 2ª, piso 7, Edifício Torre Brasil, 2410-098 Leiria, é a responsável pelo tratamento.
                3. Os dados pessoais, “Nome”, “contacto telemóvel”, “email”, “data de nascimento”, “código postal” e “localidade”, são de preenchimento obrigatório para podermos prosseguir as finalidades acima descritas, pelo que sem estes dados não poderemos realizar o seu pedido, de acordo com o consentimento que nos for prestado.
                4. Os dados em questão não serão utilizados para nenhuma outra finalidade sem o seu consentimento prévio, sendo conservados pela EVOLLU durante 2 anos.
                5. Poderá exercer os seus direitos previstos na legislação (acesso, retificação, apagamento, limitação, oposição, portabilidade) e relembramos que poderá retirar o presente consentimento a qualquer momento, através de contacto escrito para o seguinte email [email protected], sem prejuízo do direito a apresentar reclamação à autoridade de controlo competente (cnpd.pt).
                6. Poderá obter mais informações sobre a forma como os seus dados serão tratados através do email [email protected].
              COMPREENDO QUE:

              a)      Os meus dados serão utilizados para a marcação de consultas auditivas e serão comunicados a empresas ligadas a soluções auditivas parceiras da EVOLLU, para que entrem em contacto comigo diretamente.

               

              b)     Os meus dados pessoais sejam tratados pela EVOLLU para as finalidades de estudos de mercado, marketing e envio de outras comunicações que possam ser do meu interesse.